Conheça as 3 categorias de escavação e o processo utilizado em cada uma

Conheça as 3 categorias de escavação e o processo utilizado em cada umaA escavação é considerada um dos processos mais importantes em uma obra sendo fundamental para a sustentação e segurança da estrutura construída. Neste post você vai conhecer as 3 categorias de escavação e o processo utilizado em cada uma.

Ao se planejar a escavação deve-se levar em conta o tipo de solo e de material que será escavado além da carga e transporte de resíduos, utilização de diferentes máquinas, tempo e grau de dificuldade para cada material. O custo do metro cúbico de escavação depende do grau de compacidade do material, por isso a classificação dos materiais deve ser levada em consideração.

3 três categorias de escavação:

Material de 1ª categoria – Solos em geral, residuais ou sedimentares, seixos rolados ou não, com diâmetro máximo e inferior a 0,15 m, qualquer que seja o teor de umidade apresentado. O material é escavado por tratores escavo-transportadores de pneus, empurrados por tratores esteiras de peso compatível ou por escavadeiras hidráulicas.

Material de 2ª categoria – Solos sedimentares em processo adiantado de rochificação e rochas em processo adiantado de deteriorização, de resistência ao desmonte mecânico inferior à da rocha não alterada. A extração é feita por combinação de métodos que obriguem a utilização do maior equipamento de escarificação, já previsto por contrato. Eventualmente poderá ser necessário o uso de explosivos. Nesta categoria se inclui os blocos de rocha de volume inferior a 2 m³ e os matacões ou pedras de diâmetro médio compreendido entre 0,15 m e 1,00 m.

Material de 3ª categoria-  Compreende os materiais com resistência ao desmonte mecânico equivalente à rocha não alterada, e blocos de rocha com diâmetro médio superior a 1,00 m, ou de volume igual ou superior a 2 m³. O trabalho de extração e redução para  possibilitar o carregamento é feita com o uso contínuo de explosivos.

Categoria

MaterialProcesso

SoloEscavação simples
Solo resistente

Escarificação

Rocha

Desmonte com explosivo


O material de 2ª categoria, por ser intermediário, é o de classificação mais difícil e pode gerar discordância entre contratante e prestadora de serviço. Observa-se que nem sempre a utilização de explosivo caracteriza um material de 3ª categoria. É preciso que haja um emprego contínuo de explosivos. É importante observar também que  a ocorrência de matacões ou rochedos, requer a aferição de sua dimensão para fins de classificação em 1ª ou 2ª categoria.Embora exista a classificação do material de escavação,  pode ocorrer duas ou até três categorias num mesmo corte, surgindo dúvidas a respeito de valores contratuais, visto que quanto mais complexo o trabalho de escavação, maior será o valor cobrado.

Uma maneira de elucidar dúvidas relativas à escavação no sentido de classificar o que se entende por 1ª, 2ª e 3ª categorias é através de fotos tiradas na própria obra. Fotos de valas abertas e grandes cortes verticais ajudam a definir critérios de separação e facilitam a classificação e a medição.

Ao se planejar a escavação e terraplenagem de uma obra, é imprescindível o acompanhamento de profissionais capacitados para garantir segurança e tranqüilidade. Com muitos anos de experiência a Demolidora Solum já prestou diversas soluções em terraplenagem, demolições, escavações de materiais de 1ª, 2ª e 3ª categorias, utilizando equipamentos modernos para serviços específicos, buscando sempre atender as necessidades e os cronogramas de seus clientes. Conte com a Demolidora Solum para soluções em demolições e terraplenagem em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *