Impactos ambientais de demolição

impactos ambientais de demolição

É impossível ignorar que impactos ambientais de demolição muitas vezes pode causar consequências graves ao meio ambiente e a saúde da população de um modo geral. O Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), apresenta a seguinte definição quanto ao conceito de Impacto Ambiental:

Impacto Ambiental é qualquer alteração das propriedades físicas químicas e biológicas no meio ambiente, causada por qualquer forma de matéria ou energia resultante das atividades humanas que, direta ou indiretamente afetem a saúde, a segurança e o bem estar da população; as atividades sociais e econômicas; a biota; as condições estéticas e sanitárias do meio ambiente e a qualidade dos recursos naturais.

A demolição também pode colaborar nas causas de impactos que podem ser devastadores ao meio ambiente. E existem inúmeros motivos para que isso acabe ocorrendo. Seja devido a um descarte de determinados materiais feito de forma errada, por falta de planejamento, falta de uma especialização voltada para a área ou mesmo pela falta de experiência e atualização na área.

Como minimizar os impactos ambientais?

Da mesma forma como existe o problema precisa-se pensar uma solução. E pensando no caso com foco para minimizar os impactos da demolição, exporemos apenas algumas, das várias, opções que podem ser utilizadas para diminuir e melhor controlar os impactos negativos que eventualmente possam ocorrer.

Planejamento: Com o planejamento de um demolição é possível fazer uma análise prévia do que será necessário e assim para que sejam tomadas as melhores medidas. Por meio das formas que podem ser feitos os descartes de materiais, por meio da escolha ideal do tipo de demolição onde é o momento que se identifica se algo poderá ser aproveitado e quais seriam esses materiais.

Reciclagem: Os materiais de uma demolição podem ir a reciclagem em quase 90% da construção. Isso significa que poucos seriam aqueles com necessidade de descarte e para que isso ocorra é necessário se trabalhar com profissionais qualificados e com experiência em planejamento de demolições.

Descarte: Alguns materiais, além de não poderem ser reciclados precisam de atenção especial na forma como serão descartados por serem nocivos à saúde e prejudiciais ao meio ambiente. Desta forma, é importante identificar cada material, como resíduos químicos e lixo eletrônicos por exemplo, que recebem uma classificação quanto ao grau de perigo que representa como reatividade, inflamabilidade, corrosividade, toxicidade ou patogenicidade (capacidade de transmitir doenças/infecções).

A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) institui normas para o manejo adequado de resíduos e prevê penas para quem descumpre as normas.

Dependendo de fatores como a gravidade do fato, a reincidência do infrator e sua situação econômica, a empresa pode ser punida com multas e o responsável pode, inclusive, ser preso.

As soluções apresentadas acima são apenas breves explicações de algumas das medidas que poderão ser tomadas para que haja essa minimização de impactos ambientais.

Se você precisa fazer uma demolição ou algum descarte de material procure profissionais especializados e comprometidos em trabalhar de forma a não causar impactos negativos ao meio ambiente e a sociedade.

A Demolidora Solum dispõe de equipamentos novos e diferenciados, contando com uma equipe especializada para atuar no mercado e busca realizar serviços com segurança e eficiência, preocupando sempre com o meio ambiente.

Venha nos fazer uma visita!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *