Quais são as etapas da terraplanagem e qual a importância desse processo?

Quais são as etapas da terraplanagem e qual a importância desse processo? Demolidora Solum

A terraplanagem é indispensável e fundamental para o sucesso de uma obra.

Muitas pessoas pensam que a construção civil se resume ao projeto de edificação, no entanto, existem tarefas que são essenciais para garantir a qualidade do produto final.

O solo precisa estar na condição ideal para que uma obra seja realizada e para isso é necessário que ações sejam tomadas, tais como:

Com o terreno nivelado e preparado para receber a parte estrutural da obra, garante-se a segurança e a qualidade do projeto a ser desenvolvido.

Neste post apresentamos as etapas da terraplanagem e a importância desse processo! Continue lendo e saiba mais sobre o assunto!

O que é terraplanagem?

Terraplanagem é o processo para aplanar um terreno, fundamental na realização de vários tipos de construção, tais como:

  • aeroportos,
  • barragens,
  • canais de navegação,
  • estradas,
  • terrenos para construção de edificações.

A partir desse processo, assegura-se que o solo estará em condições adequadas para receber a infraestrutura a ser implementada, evitando rachaduras e desabamentos, e garantindo o nivelamento da obra.

Qual a sua importância?

Uma obra construída em um solo não compactado e nivelado certamente terá problemas estruturais, podendo gerar acidentes sérios envolvendo o patrimônio e vidas, além de, em algumas situações, tornar-se necessário a demolição do que já havia sido desenvolvido.

A terraplanagem, quando bem realizada, é a certeza que a obra a ser construída não sofrerá a cessão ou movimentação do solo, uma vez que as etapas dessa tarefa garantem um ambiente adequado para receber as construções planejadas.

Quais são as etapas da terraplanagem?

A terraplanagem é dividida em 4 etapas, cada qual com cuidados específicos que envolvem equipamentos e profissionais capacitados para se obter os resultados desejados. 

Ações incorretas ou a não realização dessas etapas causam retrabalho e ajustes de difícil resolução em alguns casos, gerando prejuízos, comprometendo o prazo de entrega e em muitos casos a estrutura da obra. Vamos conhecê-las:

Escavação

A escavação consiste no rebaixamento e adequação do terreno à sua topografia natural, adequando-o ao projeto a ser construído.

Esse processo exige do engenheiro uma análise criteriosa a respeito:

Carregamento

O carregamento consiste na reutilização do material escavado em locais onde exista desnivelamento abaixo da cota, ou seja, aproveita-se a terra escavada no próprio terreno. 

Em outros casos, o material escavado terá que ser retirado do terreno.

Transporte

O transporte consiste na retirada do material escavado que não será utilizado no processo de terraplanagem.

Em muitos casos, será necessário a importação de terra de outro local para preencher possíveis desníveis existentes, corrigindo o terreno e garantindo o preenchimento de todos os espaços.

Espalhamento

Após as etapas anteriores, o processo é o de espalhar a terra por todo o local onde será desenvolvida a obra, compactando-a e avaliando as seguintes situações:

  • necessidade de troca de solo em função da falta de consistência,
  • situação da drenagem e possíveis ajustes para o escoamento da água,
  • prevenção de erosão.

Como se observa, são tarefas que exigem conhecimento técnico, equipamentos adequados e equipe capacitada para a sua realização.

Para garantir o sucesso em sua obra, é fundamental que a terraplanagem seja realizada de forma profissional e para isso a Demolidora Solum coloca-se à disposição para esclarecimentos e apresentação de uma solução para o seu empreendimento. Acesse nosso site e conheça nossas soluções!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *