Retroescavadeira ou miniescavadeira hidráulica: qual a melhor opção?

Retroescavadeira ou miniescavadeira

Retroescavadeira ou miniescavadeira hidráulica: qual a melhor opção?

É curioso como alguns engenheiros ainda acreditam que a retroescavadeira pode acabar ou ser substituída por outras máquinas. A miniescavadeira hidráulica é um exemplo de equipamento que supriria perfeitamente a retroescavadeira na concepção de alguns desses profissionais. Com isso, essa máquina tem se mostrado uma grande e potencial adversária. Mas, quais as diferenças que nos fazem determinar qual é o melhor desempenho desses dois equipamentos? O que faz os engenheiros pensarem que as retroescavadeiras podem perder seu espaço para as miniescavadeiras?

O primeiro passo é saber que ambos os equipamentos têm necessidades e especialidades individuais. E nenhum equipamento substitui o outro, pois as duas oferecem diversos benefícios. A questão é: qual das duas é melhor para a SUA situação? Por isso mesmo, explicamos nesta postagem as principais diferenças de ambos os equipamentos aqui citados.

Qual é a diferença dos dois equipamentos?

Retroescavadeira é a junção entre escavadeira hidráulica com carregadeira frontal. Este equipamento é utilizado, sobretudo, em áreas urbanas, devido à sua praticidade. As retroescavadeiras estão disponíveis em modelos agrícolas ou projetados para usos industriais. Em ressalva, os modelos agrícolas tendem a pesar menos, pois não têm que levar a mesma carga que os modelos industriais.

Além disso, as retroescavadeiras não servem apenas para realizar trabalhos de abertura de valetas, levantamento de carga, escavação e carregamento, mas também podem são capazes de deslocar em velocidades mais altas em uma grande variedade de aplicações.

Em se tratando das miniescavadeiras hidráulicas, essas apresentam as mesmas funcionalidades de uma escavadeira, porém, por ser menor e mais leve, ela torna-se mais ágil e de fácil locomoção. A sua cabine conectada ao braço é capaz de realizar trabalhos de escavação com uma rotação de até 360º.

Essas máquinas podem também enfrentar grandes tarefas, auxiliando no trabalho e aumentando a produtividade. São capazes também de dragar rios, ajudar a limpar espaços para administrar incêndios florestais, além de cortar arbustos, demolir edifícios e até serviços de bate-estaca. Essas são apenas algumas de suas multitarefas. É possível também acoplar diversos tipos de implementos no lugar da caçamba, que dão à escavadeira mais utilidade, como rompedores, tesouras, caçambas peneiras e caçambas trituradoras, entre tantos outros implementos, para uso na construção civil ou florestal.

Agora que você sabe a principal diferença das duas e os seus principais e inúmeros benefícios, é a hora de verificar junto ao engenheiro da sua obra qual é a melhor opção para o SEU caso. Fique de olho em nosso blog e acompanhe mais sobre processos e equipamentos necessários para cada demanda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *