Saúde e Segurança do Trabalho em época de pandemia

Saúde e Segurança do Trabalho em época de pandemia | Demolidora Solum

Com a pandemia do novo Coronavírus, a economia vem enfrentando também o colapso e o despreparo de muitas empresas em tomar medidas protetivas e restritivas para que o problema não atinja de forma drástica a rotina de trabalho dos seus funcionários.

Em grandes capitais, muitas empresas já adotaram medidas de isolamento, propondo home office ou fazendo revezamento. No ramo da construção civil, essa realidade também alcançou um patamar preocupante e, apesar de o Governo ter mantido algumas obras, algumas ações devem ser tomadas para garantir a saúde e segurança de todos os colaboradores no ambiente de trabalho.

Para que não haja paralisação nos setores da construção civil, medidas protetivas em relação a escritórios e canteiros devem ser tomadas de imediato. Por isso, um check-list de ações para reduzir a propagação do vírus dependerão de uma boa gestão. Preservar a saúde dos funcionários e demais colaboradores contribui para um menor impacto da pandemia nos mais variados setores. 

Conscientize todos os funcionários e gestores

Crie uma política de crise e conscientize em massa todos os gestores e colaboradores. Forneça maior autonomia aos profissionais de segurança do trabalho. A equipe técnica deve se responsabilizar pela fiscalização de ações e prevenções de contágio da doença entre os ambientes de trabalho para manter os funcionários protegidos. 

Procure manter todos da empresa informados e atualizados sobre os modos de prevenção que diariamente são divulgados pelo Ministério da Saúde. Não dissemine “fake news” pelo whatsapp e evite conversas paralelas. Lembre-se que pandemias como essas são graves, não é uma questão de opinião política individual e toda informação em relação a tratamento deve vir de fontes confiáveis. É momento de prevenção. 

Mantenha o ambiente limpo com cloro ativo e esteja com uma equipe médica pronta para encaminhar casos suspeitos. 

A equipe de limpeza deve estar ativa e atenta para limpar a cada duas horas locais em que são tocados com frequência. A rotatividade de funcionários pode trazer fácil contágio. Por isso, bebedouros, refeitórios, banheiros químicos, vestiários, catraca, maçanetas e equipamentos de trabalho devem ser limpos com a máxima frequência. 

Além disso, estimule a higienização entre os funcionários e forneça materiais de segurança para o trabalho, como álcool em gel e sabão. Espalhe recados que forneçam informações seguras em todas as portas, principalmente dos banheiros, estimulando a limpeza frequente das mãos.

Tenha uma equipe médica preparada para atender casos emergenciais, dispostos a orientar e encaminhar casos suspeitos de coronavírus para unidades de referência ao tratamento. 

Libere o máximo que puder de funcionários para trabalhar home-office e faça revezamento entre os que ficarem.

Na hora do almoço, faça revezamento de funcionários. Se o formato de trabalho não permite home-office para quem trabalha em escritórios, alterne os turnos dos funcionários, reduzindo aglomerações em refeitórios, banheiros e corredores.

A alimentação deve ser fornecida pelos responsáveis pela cozinha que estarão com materiais e roupas adequadas para a ocasião. É essencial que os profissionais do refeitórios estejam usando máscaras e luvas para evitar o contágio cruzado.

Para aqueles que podem trabalhar home-office, mantenha um canal de contato por telefone ou e-mail. É necessário que os gestores cancelem evento de vendas e liberam o máximo de funcionários que puder para trabalhar em casa. 

Agora que a sua empresa está pronta para o combate ao covid-19, respeite os cuidados e resguarde a saúde de todos. Neste momento, é hora de estarmos unidos e fortalecidos para que a doença não se propague e afete o desempenho de todos no trabalho.

Fique ligado em sites de informações confiáveis sobre o COVID-19:

Ministério da Saúde: https://coronavirus.saude.gov.br/

Agência Lupa – checagem de fake News: https://piaui.folha.uol.com.br/lupa/2020/01/28/coronavirus-o-que-checamos/

Microbiologia da UFMG: https://www.instagram.com/microufmg/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *